Os deuses: Poseidon, rei da terra e da água...






.....
E cumpriu-se o oráculo de Gaia. A droga mágica oferecida por Zeus convulsionou as entranhas de Cronos o fez vomitar seus filhos que outrora havia devorado. Reunidos, os três irmãos, Poseidon, Hades e Zeus, tramaram um plano para destituir do poder o pai temível. Primeiramente procuraram aliados, os Ciclopes, criaturas de um olho só e, em seguida, os Hecatônquiros de cem braços. Depois pediram-lhes armas.
.....Para Poseidon, os hábeis Ciclopes fabricaram um poderoso tridente, cujo toque na terra e no mar os faziam estremecer desde as suas profundezas. Para Zeus, forjaram o raio e o trovão. Para Hades, o capacete que o tornava invisível. Munidos com poderosas armas, os três irmãos investiram contra Cronos, e, ao fim de árdua luta, subjugaram o pai e encerraram-no para sempre na compacta escuridão dos infernos. Então repartiram o Universo entre si. Zeus passou a reinar sobre o céu. Hades tornou-se o senhor dos mortos e Poseidon ganhou o domínio dos mares e dos rios, além do poder de controlar as águas e provocar terremotos.
.....A veneração do povo grego a Poseidon se verifica nos versos dos poetas, como por exemplo:
....."Ofereço as primícias de meu canto a Poseidon, grande deus de quem são sacudidas a terra e a vasta superfície dos mares. Hélice e Egues de vastas praias estão entre seus domínios. Dupla é a honra ao abalador de continentes, as quais os Homens te rendem homenagens: a de domador de cavalos e de salvador de seus navios. Salve Poseidon, deus da negra cabeleira! Que os que estão no mar experimentem tua benevolência e teu socorro."
.....O mar é um de seus reinos e nele sua morada efetiva. O tridente é usado por ele como cetro real, além de fazer abalar terra e mar e fazer brotar água onde toque. Rege também as águas correntes e os lagos, embora os rios tenham divindades próprias, mas subalternas. Sua força estende por toda a terra, tanto pode condená-las a violentas secas, extingüindo fontes e rios, como também devastá-las com terríveis inundações.
.....Habita um magnífico palácio de ouro nas profundezas do mar Egeu. Todos os dias percorre seus vasto domínio numa carruagem atrelada à velozes cavalos de casco de bronze e crina de ouro. Em seu rastro, segue uma comitiva de Nereidas, Centauros marinhos, Hipocampos, Delfins e Ninfas.
.....Na sua passagem, as ondas abrem-se tranqüilas e as mais violentas tempestades recolhem-se em respeito ao soberano.
 

.