Fábulas: Hera dá vitória aos gregos na guerra de Tróia...





.....As lutas exauriram o exército grego. Tróia tinha a vitória em suas mãos. Entretanto, Hera tinha outros planos para o desfecho final desta guerra, pois, Paris, príncipe troiano, elegeu Afrodite ao invés de Hera em uma disputa ao trono da beleza, cujo príncipe foi escolhido como juiz.
.....Usou de muita malícia para iludir e distrair o marido e impedí-lo de dar proteção e complacência aos soldados e heróis troianos. Em seu real aposento, Hera arquitetou seu plano e logo de início o colocou em prática.

.....Em primeiro lugar, untou seu belo corpo com perfumado óleo divino. Em seguida, prendeu seus longos cabelos em pesadas transas e vestiu sua magnífica túnica que Palas Atenéia bordou. Enfeitou-se com suas principais jóias, calçou suas sandálias de ouro, e como toque final, seu véu fino e transparente bordado de quase invisíveis fios de ouro. Só um ornamento lhe faltava para iniciar seu plano: o cinto do amor de Afrodite. Hera foi ao encontro da deusa do amor e da beleza, contou-lhe que tinha como desejo reconciliar Oceano e Tétis, seus pais adotivos, que há tempos estavam em desarmonia por futilidades. Por amor e, pelo amor, Afrodite tudo cede e concede e, sem perceber a real trama de Hera, entregou-lhe emprestado o tal cinto.
.....Sua majestade, Hera, de imediato foi atrás de outro deus; agora o deus Sono e pediu:
.....Sono, governante de todos os deuses e de todos os homens, já atendeste antes aos meus apelos, portanto atende-me novamente e ser-te-ei grata por toda a eternidade. Fazem com que os brilhantes olhos de Zeus durmam pra mim, sob suas sobrancelhas, logo que eu esteja deitada ao seu lado para o amor. Assim, dar-te-ei um presente, um belo trono de ouro, indestrutível. Hefestos, meu filho coxo, há de construí-lo com cuidado, e ajustará em baixo dele um escabelo, para que possas descansar no banquete, teus brilhantes pés”.
.....Adormecer o temível Zeus sem temer ser severamente punido era impossível. Sono negou-lhe o pedido de imediato sentindo grande temor no coração. Mas Hera, com grande astúcia o convenceu prometendo-lhe a mão de Pasitéia, das Graças, a mais jovem.
.....Com êxito na primeira fase de seu plano, imediatamente partiu para seu palácio ao encontro de seu esposo Zeus, que ao vê-la, encantado com sua exuberante beleza e sob o efeito do cinto do amor, perguntou:
.....Aonde vais com tão bela formosura?
..... Ao passo que Hera justificou:
.....Vou visitar, nos confins da ubérrima terra, meu pai adotivo Oceano e minha mãe adotiva Tétis, que me acolheram e me criaram em sua casa."
.....Zeus não conteve seus instintos e ordenou:
.....Pode ir lá mais tarde. Agora porém, vem e que nos regozijemos deitando-nos juntos para o amor, pois jamais o amor por uma deusa ou por uma mulher dominou tal ponto o coração dentro desse meu peito...
.....Assim, o todo poderoso do Olimpo foi para o leito caindo graciosamente na trama de Hera. Enquanto dormia sob a vigília do deus Sono, a guerra de Tróia ia mudando de feição. E quando ao fim chegou, os gregos, antes quase aniquilados, recobraram suas energias e recomeçaram com ligeiros contra ataques. Com novas e revigorantes forças, repeliram os troianos para dentro dos muros da cidade.
 

.