Perguntas e respostas sobre a Ordem...


.....A Ordem dos Gregários separou, nesta seção, algumas perguntas mais freqüentes e suas respectivas respostas. A idéia é deixar bem claro a que se presta e como se presta e, não obstante, mostrar pelas respostas abaixo relacionadas, seus conceitos básicos.

.....Clique na pergunta e veja a resposta pertinente:

.....Em que consiste a Ordem?
.....Quais são seus conceitos básicos?
.....Qual é o seu objetivo e objeto?
.....A Ordem é religiosa?
.....Por que é humanista?
.....A Ordem é uma religião?
.....É filosófica?
.....Para ser um Gregário é necessário desistir da religião da qual se segue?
.....Qual é o seu norte?
.....O que é moral para a Ordem?
.....O que é virtude para a Ordem?
.....O que é ética para a Ordem?
.....O que a Ordem defende?
.....A Ordem é tolerante?
.....Quais são as condições para ingressar na Ordem?
.....A Ordem é um grupo secreto?
.....Qual a conduta de um Gregário?
.....O que se obtém sendo um adepto?


.....Em que consiste a Ordem?
.....A Ordem é um grupo virtual de estudo dirigido essencialmente filosófico, educativo e humanista. Reflete sobre os resultados obtidos nas ações conscientes. Busca resultados de cunho positivista nas ações e pensamentos do dia-a-dia. Especula as formas pelas quais se pode chegar nesses resultados dentro da relação social em suas mais diversas regras.


.....Quais são seus conceitos básicos?
.....Todo homem é parte de um todo, no qual, se separado, do ponto de vista social, perde sua essência tornando-se apenas mais um ser no mundo. A consciência da própria existência é a soma das experiências vividas dia-a-dia, traduzidas em emoções e organizadas em um conceito pelo qual chamamos de tempo. É impossível desistir de ser um ser humano.


.....Qual é o seu objetivo e objeto?
.....Dar consciência dos resultados decorrentes dos pensamentos e a traduções, destes mesmos pensamentos, em realidades. Usar o livre-arbítrio dentro dos parâmetros morais aos quais os costumes sociais subjetivos ditam suas regras em determinado tempo e lugar. Perceber as emoções como um guia de decisão de conduta como entendimento da verdadeira felicidade, gerando assim, prosperidade.


.....A Ordem é religiosa?
.....Não. Entende que a religião é um meio pelo qual um homem pode chegar a felicidade e prosperidade atravessando o caminho do bem para chegar ao bom. Neste sentido, a Ordem apenas especula as atitudes e seus resultados práticos no dia-a-dia de cada homem em seus contextos particulares e sociais. "Dai a César o que é de César e a Deus, o que é de Deus". Não interfere nos crédulos particulares de seus adeptos, apenas os direciona para reflexões filosóficas práticas da sua vida particular, familiar e social. A Ordem é humanista e, como tal, acredita no ser humano como um ser no mundo para "experienciar" sua existência de modo feliz e próspero.


.....Por que é humanista?
.....É humanista porque procura relacionar conhecimentos com acontecimentos, passados e presentes, além de cálculos futuristas, procurando a melhor formação do próprio Homem por conta da ciência. Procura as "verdades" no senso científico para difundi-las ao senso comum no maior número possível.


.....A Ordem é uma religião?
.....Não. A Ordem é um grupo filosófico que tem por objetivo difundir a Lei Universal da Atração segundo os resultados apontados pela Física Quântica em seu sentido mais amplo e elevado e, nessa conduta, admite, sem preconceitos, todas as religiões.


.....É filosófica?
.....É filosófica porque em seus estudos e reflexões trata das coisas naturais referente ao Homem e as suas relações com os outros Homens. Especula os seus anseios e desejos, bem como suas relações aos bens materiais. Investiga a Lei da Atração Universal e a relaciona com as bases da da ciência última, da moral pura, além de especular o livre-arbítrio por este enfoque. Enfim, procura os fundamentos das coisas inerentes ao próprio Homem.


.....Para ser um Gregário é necessário desistir da religião da qual se segue?
.....Não. A Ordem aceita qualquer religião. Para a Ordem o importante é ser feliz e próspero, levando felicidade e prosperidade aos outros homens. Coisa que todas as religiões se prestam.


.....Qual é o seu norte?
.....Ciência, justiça, trabalho e harmonia entre os próximos e consigo mesmo. Ciência para esclarecer e elevar o intelecto. Justiça para equilibrar e valorizar as relações humanas. Trabalho, este como o meio pelo qual os homens se dignificam e se tornam independentes dentro de um contexto social. Por fim, harmonia conquanto e não obstante, se pode viver de maneira feliz e próspera.


.....O que é moral para a Ordem?
.....A moral é, para a Ordem, um conjunto de conceitos valorados, quantificados e qualificados, regrados pelos valores de juízo. A moral, amiúde, é o conjunto de normas que regram as atitudes de um homem para com outrem. Engloba conceitos secundários de cunho sociais como: liberdade, igualdade, direito, justiça, ética etc.


.....O que é virtude para a Ordem?
.....A Ordem entende que a virtude é a força que impele a se fazer o bem em sua mais ampla mensura. Impele para o cumprimento dos deveres para com o próximo sem interesse pessoal.


.....O que é ética para a Ordem?
.....A Ordem resume a ética no dever ser do homem como coisa necessária para sua própria felicidade e prosperidade e que, ao mesmo tempo, seja eficazmente bom, ou não prejudicial, no mínimo, ao próximo. Não obstante, entende também que a ética pura se divide em várias éticas particulares derivadas das condutas sociais, como a profissional, por exemplo, necessárias e que as regram em si. Pois, o direito tem sua própria ética, assim como a medicina, a biologia, o comércio etc.


.....O que a Ordem defende?
.....Substituir o senso comum pelo senso científico e filosófico. Combate a ignorância, a superstição, o fanatismo, o orgulho, a intemperança, o vício, a discórdia, a dominação, os privilégios etc., de maneira racional, trazendo o maior número de homens para a consciência de suas próprias existências e seus lugares na sociedade e no mundo.


.....A Ordem é tolerante?
.....A Ordem é tolerante e não exige dos seus membros tolerância, por qual, esta é um julgamento e atitude particular de cada um. Entretanto e não obstante, cada um com seu exame de consciência. Respeita as opiniões políticas e crenças religiosas de todos os homens, reconhecendo que todas as religiões e ideais políticos são igualmente respeitáveis, refutando toda pretensão de outorgar situações de privilégio a qualquer uma delas em particular, inclusive as da própria Ordem. A Ordem tolera qualquer discussão, desde de que se busque seu pano de fundo com clareza, seriedade e imparcialidade.


.....Quais são as condições para poder ingressar na Ordem?
.....Ser um homem ou mulher livre e de bons costumes, ser consciente de seus deveres para com o próximo e consigo mesmo, ter uma profissão ou ofício lícito e honrado que permita prover as suas necessidades pessoais e de sua família sem que estas, prejudique o próximo.


.....A Ordem é um grupo secreto?
.....Sim. Para a Ordem não é necessário se fazer saber o que a "mão esquerda" faz. Desiste previamente de todo e qualquer reconhecimento por suas idéias e atos. Para a Ordem, bastante é difundir maneiras de se viver melhor entre os homens e em particular, cada qual com sua própria vida. A idéia é formar células que possam repassar conhecimentos ao senso comum no dia-a-dia, em maior número possível.


.....Qual a conduta de um Gregário?
.....Respeito aos estatutos da Ordem. Em particular se exige: a guarda do sigilo dos estudos até sua efetivação consciente de seus resultados antes de passá-los a frente. Conduta correta e digna dentro e fora de sua própria casa, dedicação de parte do seu tempo para estudos intelectuais e exercícios físicos, análise crítica da moral, da igualdade e liberdade, além da solidariedade humana e da justiça em toda sua plenitude.


.....O que se obtém sendo um adepto?
.....Felicidade e prosperidade, tanto emocionais como intelectuais e materiais, por meio de um entendimento filosófico prático do que é a vida e do que é a vida em sociedade. Ganha sabedoria e discernimento para agir em luz própria, chegando à felicidade e, principalmente, após o entendimento desta felicidade, a prosperidade. Ganha também o apreço do próximo na medida em que o eleva para o entendimento da verdadeira felicidade e prosperidade.
 

.