Resumo dos principais filósofos...

Sócrates (469 a.C. - 399 a.C.)


.....Dinossauro da filosofia, mesmo sem nos deixar registro nenhum de suas idéias de próprio punho, conseguiu perpetuar seus conceitos por gerações e gerações. Entre os ocidentais, é um herói intelectual. Deu o primeiro passo para buscar as verdades das coisas. O primeiro a pensar no Homem como o objeto principal de especulação.


.....Suas teses foram perpetuadas nas mãos de seu discípulo Platão, que, escrevendo por conta de seus diálogos, nos quais, Sócrates era quase sempre o protagonista, registrou e continuou a desenvolver as idéias do seu mestre. Este processo chegou a tal ponto que, hoje, não sabemos onde termina o raciocínio de Sócrates e onde começa o raciocínio e idéias próprias de Platão.
.....Era natural de Atenas no período de sua maior glória. Viveu no ócio sustentado pela herança do pai com sua mulher e seus três filhos. Interagiu com seus contemporâneos, como por exemplo, Péricles, o maior estadista do mundo antigo. Viu sua cidade no auge da glória e poder. Não participou diretamente da vida pública. Sua influência se dava na formação de opinião dos filhos dos aristocratas, além de contestar com muita freqüência contra os sofistas.
.....Desenvolveu uma técnica de questionamentos de crenças com as quais, por fim, se acabava revelando as verdades e as falácias; "Elenchus".
.....Ganhou fama refutando os sofistas usando seus próprios argumentos, colocando-os em contradições e, desmascarando assim os charlatões que diziam saber sobre tudo, respondendo sem saberem nada e sobre o que não entendiam; coisa muito comum nesta época, na qual, a sabedoria estava em moda.
.....Sua maior preocupação era com as coisas humanas. Começou a filosofar após visitar o oráculo de Delfos, no qual, intuiu que nenhum homem vivo tinha mais sabedoria que ele próprio. Incentivado e se sentindo na responsabilidade de cumprir essa revelação divina, não negou esforços na procura de conhecimento e respostas das dúvidas latentes.
.....Segundo um escrito de Platão, Sócrates tinha como filosofia própria de vida a seguinte temática:
"Persuadir cada homem de que deve olhar para si mesmo e procurar a virtude e a sabedoria antes de olhar para seus interesses pessoais, e olhar para o Estado antes de olhar para os interesses do Estado; e esta deve ser a ordem que deve-se observar."
.....Sua integridade moral, pessoal e social era de tal modo espetacular que, no dia que lhe foi pedido ir contra seus próprios princípios em julgamento, ele negou, preferindo a morte.
.....Sócrates sempre prezou pela justiça e pelo cumprimento da lei. Se negou com muita coragem a não participar de um julgamento conjunto de oito comandantes acusados de negligência alegando ser impossível analisar as particulares de cada um como se fossem uno. Também foi contra um grupo de tiranos, conhecidos como "Os Trinta" que por fim tomaram o poder. Quando Atenas restaurou a democracia, os governantes o acusaram de sacrilégio contra os deuses e de persuadir os jovens com idéias subversivas, crime cuja pena era a morte por envenenamento por Cicuta. Os governantes calcularam mal a jogada política. Esperavam que Sócrates fosse preferir o exílio. Erraram, e Sócrates pediu o julgamento e, em defesa própria, fez a melhor oratória ouvida no mundo antigo.
.....Aristóteles pouco mais tarde escreveu:
....."Duas coisa podem ser atribuídas a Sócrates. O raciocínio por indução e a definição dos universais."
.....Sócrates usava como tática, questionamentos, nos quais Platão desenvolveu a dialética, buscando definições particulares e, se no meio de uma discussão, alguma particularidade comum aparecesse, então se teria uma verdadeira definição da coisa. Alegava que uma discussão bem levada e corretamente ponderada, achando as verdadeiras definições das coisas, se acumularia conhecimento. Foi essa base de raciocínio que levou Platão a sua tese das Formas Perfeitas, nas quais as experiências empíricas não eram as reais formas latentes das coisas em si.
.....Sócrates acabou por levar a filosofia para outros caminhos, abrindo espaço racional para sucessores como Platão e Aristóteles, inaugurando a ciência por observação, e, o último, pelas experiências em campo, registros e comparações. Método científico usado pelos cientistas atuais.
.....Procurou explicar que, para se fazer o bem era necessário primeiro achar e entender o bem dentro de si e, entendendo o que é realmente o bem, se descobre então que o bem não pode causar o mal e então, ninguém faria o mal intencionalmente.
 

.