A pintura grega...


.....Entre os gregos, a literatura, assim como as outras artes, sempre esteve presente desde as primeiras palavras escritas. Eles elaboravam tudo o que registravam com toques requintados de arte, com formas épicas e poéticas. Não obstante, a onda literária da Grécia adveio dos primórdios do século IV a.C. e, seu auge, foi na Era Clássica do século V a.C.

.....Como base, temos as poesias épicas e, como exemplo destas, as obras de Homero e Hesíodo. Entretanto, já na Era Clássica, estes épicos eram considerados como verdades históricas, e, as crianças obrigadas a estudar e entender palavras complicadas para o seu entendimento. Já no final do século IV a.C., com o aparecimento dos três grandes representantes da literatura grega, Ésquilo, Sófacles e Eurípedes, a literatura passa por consideráveis transformações, dando origem as famosas tragédias, sátiras e comédias.
.....Mais uma vez, Atenas se achava no centro das atenções e, de forma única, incentivou toda e qualquer manifestação literária, inclusive, guardando os originais das obras, tanto antigas como contemporâneas, atrás de suas muralhas.
.....A literatura grega nasce dos escritos em forma de registros históricos que são contados em formas de poemas. Com o passar do tempo e difusão, a partir de Atenas, o grego passou a desenvolver, por conseqüência, outras formas de escrever, dando origem a poesia dramática, cujo maior representante foi Ésquilo. Misturando formas estrangeiras de se contar história, o grego chegou ao drama propriamente dito e, logo em seguida, começou escrever comédias e sátiras de momentos e ações políticas, criticando, atacando ou até mesmo, elogiando o cotidiano. Na comédia, a Grécia tem como seu maior representante, o escritor Arquíloco de Paros que, em Atenas, fez seu nome e fama.
.....Assim, nasce também os poetas líricos com poesias em coral, coisa aceita com grande agrado pela população. Seus representantes são Alceu e Safo com excelentes obras de canções individuais e, Alcmeno, com obras mais complexas.
.....A necessidade fez o grego desenvolver a prosa escrita, substituindo a escrita em forma de poema. Não era escrita em função da fala, mas sim porque era mais fácil de ser assimilada e ou decorada. Da mesma maneira nasceu a escrita coloquial e administrativa, com suas formas simples e objetivas, escrita da mesma maneira que a falada, desvinculando a arte da necessidade do registro, processo longo que percorreu das primeiras formas de escrita até mais que as formas da Era Clássica...
 

.